Fãs cancelam Resident Evil: Reborn depois de pedido da Capcom

O grupo InvaderGames desenvolvia reinvenção do clássico da empresa, mas foi gentilmente persuadido a parar o projeto

Publicado em 17/08/2015

A Capcom, desenvolvedora da série de jogos de Resident Evil, anunciou que fará um remake Resident Evil 2, mas precisou resolver um impasse antes e lidou com ele com muita classe.

Antes do anúncio da empresa, um grupo de fãs do grupo InvaderGames, decidiu desenvolver Resident Evil 2: Reborn, sua própria reinvenção do clássico, como uma homenagem a série. 

A Capcom então decidiu convidar o grupo para uma reunião antes de seu anúncio e pedir para que parassem com o desenvolvimento, revelando seus planos. 

"Essas são ótimas notícias para nós e, como fãs, estamos muito felizes que a Capcom decidiu tomar a liderança do projeto e fazer o remake que todos estamos esperando há anos (não há ninguém melhor para reviver a obra-prima de 1998 do que seus criadores)", declararam os membros da InvaderGames, que se declararam honrados em poder conversar com a empresa sobre ideias para o game. 

"A Capcom nos ligou antes de fazer o anúncio e perguntou se nos importaríamos de parar o desenvolvimento, já que eles tinham planos de longo prazo para refazer Resident Evil 2. [...] Embora não possamos completar o projeto RE2: Reborn, estamos felizes que aquilo que mostramos conseguiu o consentimento de fãs no mundo todo e, especialmente, foi notado pela própria companhia", explicaram.

O time da InvaderGames ainda garantiram que o trabalho que fizeram até agora não será perdido. Não se sabe se ele será usado em algum projeto do grupo ou se eles ajudarão na concepção do remake de Resident Evil 2 com a Capcom.