Confira 5 inovações tecnológicas que marcaram o ano

Entre elas, os óculos do Snap, o foguete que aterrisa em pé e um tradutor simultâneo de ligações

Publicado em 22/12/2016

Quais serão as tendências de tecnologia do futuro? Para imaginar o que ainda há por vir, é legal saber o que já aconteceu. E o ano de 2016 foi recheado de novidades: do par de óculos que publica vídeos em redes sociais até o desenvolvimento de um foguete importante para a colonização de outros planetas. Conheça esses e outros avanços que marcaram o ano:

Spectacles: os óculos que filmam (foto acima)

A Snap (empresa do Snapchat) lançou um acessório que deixou os aficionados por redes sociais em êxtase: Spectacles. O par de óculos, acompanhado de câmeras embutidas, faz vídeos de até 30 segundos para serem compartilhados no Snapchat. Além de tecnológico, o acessório é bastante estiloso.

SpaceX Falcon 9: o foguete reutilizável

Pela primeira vez um foguete conseguiu aterrissar em pé em uma plataforma. Desenvolvido pela A SpaceX, de Elon Musk, o foguete Falcon 9 se torna uma ferramenta de grande importância para a exploração de Marte, entre outros lugares no espaço.

Moto Z: o celular do futuro

A Lenovo foi ousada e trouxe o smartphone mais interessante de 2016, o Moto Z. Com ímãs na traseira, o acessório permite que o mobile se conecte a acessórios como câmera, bateria extra, caixa de som da JBL ou até um mini projetador. O Moto Z pode ser um ensaio do que  devemos conhecer sobre os smartphones do futuro.

Skype Translator: uma barreira a menos

Uma das invenções mais espetaculares do ano foi sem dúvida o  Skype Translator, uma tecnologia capaz de fazer tradução simultâneas de voz em conversas por áudio ou vídeo. O app fala em diversas línguas, inclusive em português.

Google Daydream: construção da realidade virtual

Esse ano, o Google anunciou o Daydream, sua plataforma capaz de construir mundos virtuais dentro da realidade virtual, sem a necessidade de uma tela de computador. Com sensores inteligentes que captam o movimento e gestos do usuário, o equipamento serve para que as pessoas interajam e joguem games. Por enquanto, a plataforma é compatível apenas com os óculos de realidade virtual do Google.

Foto: Divulgação