Alemã cria shorts para evitar estupro

Invenção conta com um tecido resistente a corte e emite um alarme caso a calça tente ser puxada por agressor

Publicado em 20/12/2016

Após uma tentativa de estupro e diversos ataques contra mulheres em Colônia, na Alemanha, a empresária Sandra Seilz, de Oberhausen, decidiu criar o chamado Safe Shorts (Shorts Seguro), uma roupa que protege as mulheres contra estupradores.

Em entrevista à Sputnik Alemanha, ela fala sobre as vantagens da criação: "Eles oferecem tripla proteção contra ataques de natureza sexual, e nós estamos muito orgulhosos disso." De acordo com ela, o primeiro grau de proteção está nos cadarços, que são resistentes a rasgo e corte. Um dos cordões fica na cintura da mulher e um cadeado os protege de desamarração.

O segundo grau de proteção é acústico: se puxar a calça, é disparado um alarme de 130 decibéis, o que espanta o atacante. Este sinal pode ser ativado pela própria mulher puxando os cadarços. E o terceiro grau é um protetor muito macio, que não permite rasgar os calções e penetrar dentro deles.

A notícia ruim é que devido a enorme demanda, todos as peças foram vendidas, mas o próximo lote já está em processo de produção, e o prazo de entrega é de seis semanas. Os pedidos não são apenas da Alemanha: "Já vendemos para o Japão, Finlândia, Suécia, Itália, Taiwan e Estados Unidos", diz Sandra.

O valor do shorts é de 149 euros, mas ainda existe uma peça menor, uma espécie de calcinha, que pode ser usada sob uma saia ou calça jeans por exemplo, e que custa 99,99 euros. Confira os produtos no site oficial ou no Facebook da marca.

Foto: Divulgação/Facebook